Pesquisar

Primeiro e único site de uma nutricionista brasileira que vive em Portugal. O Nutrição Global, agora NutriçãoGlobalOm está no ar desde o ano de 2007.
Seja bem vindo(a)! Welcome!

Sarcopenia, perda de massa muscular na idade

A perda muscular é algo comum e normal com o avanço da idade. Com o passar dos anos, o corpo vai perdendo a capacidade de manter os músculos. Esse quadro ocasiona um problema conhecido como sarcopenia.
A sarcopenia, perda de massa muscular ligada à idade, deve ser evitada desde cedo.
Embora se acredite que essa perda inicie após os quarenta anos, ela pode começar mais cedo. Jovens sedentários de 30 anos começam a perder 5% de seus músculos a cada década. E mesmo pessoas ativas sofrem com isso.
Com a chegada aos 60 anos, o corpo sofre mudanças e a perda de massa magra é acentuada, o que provoca a redução da força, da mobilidade e diminuição das capacidades funcionais.
Isso ocorre por alterações fisiológicas em que enzimas e outras substâncias que mantém o músculo íntegro têm sua produção diminuída, isso afeta os mecanismos que controlam nossos músculos.
A síndrome que já atinge muitos idosos, se não diagnosticada e devidamente tratada é capaz de diminuir de forma considerável a independência desses indivíduos, fazendo com que simples atividades corriqueiras, como, por exemplo, carregar um sacola de compras, seja difícil de desempenhar.

Como prevenir a perda muscular com a idade (sarcopenia)

Tenha um olhar mais cuidadoso com a sua alimentação:
 - Aumente seu consumo de proteína A proteína é fundamental para o crescimento e a manutenção dos músculos. Dê preferência a alimentos como peixe, frango, carnes, ovos, queijos, nozes, lentilhas e feijões. 
- Fortaleça os músculos com vitamina D.  A vitamina D é responsável por manter a força muscular. A melhor fonte desse nutriente é o Sol. Pode-se obter vitamina D também por meio da alimentação. Peixes gordurosos como salmão e sardinhas são boas escolhas. Opte também por ovos e por leite e cereais com acréscimo de vitamina D na composição.
Só uma alimentação correta não é suficiente. Exercícios regulares e específicos também são necessários.

Exercícios focados para a perda muscular
- Pratique exercícios físicos regulares, pois fazem uma grande diferença na manutenção da estrutura muscular, seja em uma pessoa jovem ou mais velha.

Preste atenção à intensidade da atividade física, que deve ser alta. Primeiramente, foque em exercícios de resistência. Opte por exercícios como pilates, tai chi e Yoga. Alie aos exercícios de resistência os exercícios de força. Eles desenvolvem e mantêm os músculos. É importante variar os grupos musculares treinados. Treine pelo menos duas vezes por semana, pelo menos meia hora por dia. 

Além desses dois pontos é preciso:
Tomar cuidado com doenças que podem provocar a perda muscular, pois essa, às vezes, está associada a problemas já existente como, osteoporose, obesidade, cancro de mama e diabetes tipo 2, por exemplo. Quando essas condições médicas são tratadas pode-se evitar a perda muscular. 

Obs.: Recomendações gerais. Para um melhor diagnóstico e tratamento procure um profissional de saúde especializado.
Fontes: Perda de massa...
Musculação para prevenção


Sem comentários:

Enviar um comentário